Manufaturas

Manufaturas – Veja Alguns Exemplos

Você sabia que o setor das manufaturas é o que mais exporta no Brasil? Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), automóveis, veículos de carga, autopeças e motores para veículos lideram o ranking. Bem como produtos como  açúcar refinado e óleos combustíveis.

O setor de manufatura no Brasil

Só no primeiro trimestre de 2019, a indústria de máquinas e equipamentos cresceu 6%. Ou seja, um faturamento de R$ 6.527,19 milhões, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Além disso, a base de empregados no setor atingiu, em março, 306 mil pessoas. Isso representa uma alta de 0,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Exemplos de setores da manufatura

A manufatura é um ramo que envolve diversos tipos de atividades, que são classificadas por sua área de atuação. Como exemplo de manufatura, podemos citar:

Indústria de bens de produção

Transformam matérias-primas brutas em matérias-primas processadas, sendo base para outros ramos industriais. Dividem-se em extrativas e as de equipamentos.

Extrativas: extraem matéria-prima da natureza sem alterar significativamente suas propriedades elementares. Neste segmento atuam as madeireiras, as petrolíferas, as mineradoras e as indústrias de carvão mineral.

De equipamentos: transformam os bens naturais semimanufaturados para a estruturação das indústrias de bens intermediários e de consumo. É neste segmento que atuam as siderúrgicas e petroquímicas.

Bens intermediários

Produzem máquinas e equipamentos que serão utilizados nos diversos segmentos das indústrias de bens de consumo. As manufaturas que atuam nesta área são as mecânicas (máquinas industriais, motores automotivos) e autopeças (rodas, pneus, etc), por exemplo.

Bens de consumo

As manufaturas enquadradas neste segmento produzem diretamente para o consumidor.. Dividem-se em bens duráveis e não duráveis.

Bens duráveis

As indústrias de bens duráveis fabricam produtos não perecíveis. Exemplos desse tipo de manufatura são as automobilística, móveis comerciais, material elétrico, eletroeletrônicos, entre outros.

Bens não duráveis

Produzem mercadorias de primeira necessidade e de consumo generalizado, o que significa produtos perecíveis. Indústria alimentícia, têxtil, farmacêutica, cosmética são alguns exemplos desse tipo de manufatura.

Sabemos que é extremamente difícil dar conta do fluxo intenso de informações e da produção em larga escala. Afinal, não é apenas o operacional. É necessário ter conhecimento de como estão as máquinas, como estão sendo usadas, fluxo de caixa, itens de EPI, entre tantos outros dados que necessita ter em mãos.

Para possibilitar uma gestão completa e precisa de todo os setores do segmento, a Indústria 4.0 apresenta sistemas inteligentes e produtivos para a indústria. Aliando as tecnologias para automação e a troca de dados, tendo como base conceitos de Sistemas ciber-físicos, Internet das Coisas e Computação em Nuvem.

Já imaginou você saber quando fazer a manutenção da peça Y do equipamento X até ter dados completos os quais permitem planejar estratégias de vendas? De forma rápida, fácil e sem sair da tela do seu computador?  Tudo isso é possível com o software de ERP da StarSoft. Peça já seu orçamento e tenha a gestão da sua empresa nas suas mãos.

 

Paste your AdWords Remarketing code here