Gerenciamento de riscos: conheça os problemas mais comuns e como resolvê-los

Ao abrir um negócio, é fundamental que o empreendedor tenha a noção exata dos riscos e de como gerenciá-los em momentos de necessidade e de crise. Esse é um dos grandes desafios para que a empresa cresça, se estabeleça e traga lucro, em todos os sentidos, aos envolvidos.

Pesquisas do Sebrae indicam que boa parte das pessoas que resolvem começar um negócio acabam não fazendo uma pesquisa inicial para entender as condições do mercado na área, o tamanho da demanda, da concorrência, os riscos envolvidos em investir no segmento. Além disso, ainda segundo o estudo, mais da metade não traçam um planejamento estratégico para dar início aos trabalhos.

Por conta disso, muitas vezes os negócios acabam não saindo do lugar, ficando estagnados ou até fechando em pouco tempo. Ainda segundo o Sebrae, 24,4% delas fecham nos primeiros dois anos, além de cerca de 50% não resistirem após quatro anos de funcionamento.

Porém, além de um planejamento inicial feito de forma correta, é necessário também que haja preparo para o gerenciamento de riscos. Esta área é fundamental em qualquer empresa e, por isso, os possíveis problemas precisam ser conhecidos, assim como suas soluções. Por melhor que sejam os serviços e a gestão do negócio, em algum momento será necessário trabalhar sob crises.

Vamos falar sobre alguns detalhes sobre as dificuldades no gerenciamento de riscos e de que forma eles podem ser resolvidos. São diversas as possibilidades de problemas, principalmente em pequenos negócios, mas há maneiras e soluções para que os problemas sejam minimizados.

Falta de preparo para trabalhar com o gerenciamento de riscos

Ao abrir um negócio, os donos precisam saber que faz parte do mundo do empreendedorismo lidar com riscos. Principalmente em micro e pequenas empresas, é indispensável conhecimento nesta área, para conseguir superar dificuldades até estabilizar a empresa no mercado.

Um dos maiores problemas neste sentido é o empreendedor não estar preparado para trabalhar com este gerenciamento. Sem recursos para montar um time tão grande e especializado em várias áreas, é o próprio dono que precisará perceber quais são os possíveis percalços e trabalhar para evitá-los. Se não conseguir ter a visão sistêmica sobre o contexto, a situação pode se complicar.

De qualquer forma, o ideal é que toda a equipe, seja qual for seu tamanho, possa ajudar. Assim, é fundamental que todos os integrantes da empresa fiquem cientes das possibilidades de riscos, para que o trabalho em conjunto e conscientizado consiga, de certa forma, evitar os problemas, gerenciando-os de maneira conjunta e preventiva.

Se possível, principalmente em empresas de menor porte, os clientes também devem ser alertados sobre os riscos de qualquer produção, o que diminui a pressão e também ajuda o trabalho a fluir melhor.

Baixo nível de informação prévia sobre os riscos

Novos empreendedores podem sofrer no início pela falta de experiência, o que é natural. Neste sentido, o gerenciamento de risco também pode sofrer, já que é mais difícil para os envolvidos saberem exatamente quais os contextos em que os problemas aparecem.

Mais do que isso, sem a noção exata de como os riscos se manifestam, a prevenção é mais difícil e, para solucionar, também não há exemplos prévios de como agir. A situação pode acabar se tornando uma bola de neve e os problemas se multiplicam.

Para ajudar a montar um conhecimento prévio sobre os percalços, mais uma vez o segredo é conseguir uma mobilização total de equipe, porque assim cada um pode colaborar com seu conhecimento em áreas diversas, ajudando a montar um mapa de possíveis alterações de padrão.

Quanto mais pessoas trabalharem em prol do gerenciamento de riscos, maior a chance de evolução geral, dando à empresa um conhecimento maior e contínuo sobre as formas de cuidar e prevenir os fatores que tragam dificuldades ao negócio.

Planejamento falho e pouco abrangente para o gerenciamento de riscos

Um bom gerenciamento de riscos passa pelo planejamento de como agir, fazendo um projeto real de como atuar nos momentos de crise. Os tópicos citados acima já passaram de certa forma por este tema, mas o fato é que a falta de um plano inicial é mais um possível problema.

Mesmo que os envolvidos saibam lidar e tenham o conhecimento em gerenciar riscos, se não houver um plano de ação, as chances de erros na tomada de decisão aumentam consideravelmente.

Com isso em mente, fica claro que um erro comum é a falta de reuniões frequentes que abordem este tema. Sem isso, quando o risco se torna real, as ações se tornam menos pensadas e mais impulsivas, o que pode aumentar ainda mais o problema, já que as decisões menos pensadas, no mundo empresarial, podem ser catastróficas.

Comunicação clara e atualização constante

O segredo, portanto, é ter um plano muito bem traçado sobre o tema. Reuniões de equipe devem ser constantes, sempre com o objetivo de atualizar os protocolos de ação, além de estimular o trabalho conjunto, para que as decisões não sejam tomadas individualmente e sem análise de contexto quando surgirem os problemas.

Outro ponto importante: apesar de o trabalho em equipe ser essencial para que os problemas sejam tratados com a maior qualidade e detalhamento possível, é fundamental também que o time tenha o seu líder, que consiga ter força suficiente perante os companheiros, para que haja um direcionamento claro no gerenciamento de riscos. Deixar cada um seguir seu instinto ou suas ideias também pode se tornar um problema.

Organização para evitar perdas

Para qualquer empreendedor, mas principalmente para quem tem margens menores de recursos e precisa evitar as perdas ao máximo, o gerenciamento de riscos é parte essencial da organização da empresa. Os tópicos acima dizem respeito a alguns dos possíveis problemas na formação deste departamento. Se forem atacados de forma correta, a situação certamente fluirá de forma mais efetiva, aumentando as possibilidades de sucesso do crescimento do negócio.

Quer saber mais sobre gestão empresarial? 😁 Conheça o site da StarSoft, no qual trazemos uma série de artigos sobre os mais diversos temas relacionados ao assunto. E aos interessados em modernizar os seus negócios, trabalhamos com softwares para gestão empresarial, focando na melhoria de resultados, sempre com os menores custos possíveis.

 

Paste your AdWords Remarketing code here