Mão tirando a mangueira de combustível da bomba

Como controlar o gasto de combustível da frota?

Fazer um controle vai muito além de saber o quanto foi gasto. Principalmente quando falamos de combustíveis, os quais variam seus preços com frequência.

A Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), divulgou que o preço médio da gasolina nas bombas, em 2018, ficou em R$ 4,344 por litro, e o do diesel, em R$ 3,451, alta de 5,97% e 3,75%, respectivamente. Isto, sem contar, que varia de acordo com a região do país.

O combustível é uma despesa essencial e é um dos principais gastos das empresas que trabalham com frotas. Por isso, em meio as variáveis que este produto tem e a sua importância no segmento, separamos 9 dicas para economizar no transporte:

  1. Software de gestão de frota

Desde o desempenho dos veículos, motoristas, manutenção e combustíveis, a melhor forma de fazer a gestão de combustível é com o apoio de um sistema. Como o módulo gestão de frotas da StarSoft. Separamos estes benefícios de um sistema integrado, neste post.

  1. Parcerias

Depois de definir quais fornecedores apresentam qualidade nos produtos, busque parcerias comerciais. Assim, sua empresa pode conquistar prazos diferenciados, menores preços e controles aprimorados, como o envio de relatórios, entre outros.

  1. Manutenção

Para um equipamento ter o melhor desempenho, ele precisa estar em ótimo estado. Isso inclui o quanto de combustível é consumido. Desde as manutenções preventivas até fatores como uma simples calibragem dos pneus, por exemplo, podem ter impacto direto no consumo.

  1. Conheça cada veículo e motorista

Cada veículo e cada condutor apresentam características diferentes. Conhecer e determinar o melhor arranjo permite identificar quais as situações de melhor desempenho e economia.

  1. Previsão de gastos

Cruze os dados de preço gasto e a quantidade consumida, assim é possível ter uma projeção realista do custo para os meses seguintes, mesmo com variação no valor. Lembre-se de levar em conta alguns fatores como sazonalidade, aquisição de novos clientes, perspectiva de crescimento, previsão de demanda, eventos relevantes e outros.

  1. Frota homogênea

Claro que é difícil ter uma frota com todos os veículos iguais, mas, quanto mais padronizada, mais fácil será para identificar os parâmetros e garantir o menor consumo e a maior produtividade.

  1. Capacitação da equipe

Assim como equipamentos, os motoristas e colaboradores também precisam de atualizações. Por isso, investir em boas condições de trabalho, segurança e treinamentos ajudarão a reduzir ou eliminar maus hábitos.

  1. Rotas

A meta é aliar a proximidade dos destinos com as datas, horários, estado das rodovias, sinais de trânsito, engarrafamentos etc. Reduzir a distância percorrida pelos veículos e otimizar o tempo, influenciam diretamente no consumo de combustível.

  1. Reduza o tempo ocioso

Os veículos que costumam operar em marcha lenta ou estão parados por muito tempo tendem a apresentar um maior consumo de combustível.

Quer ter todas estas informações em um só lugar? Acesse o site para descobrir como a StarSoft pode te ajudar na gestão de combustível da sua frota.

 

Paste your AdWords Remarketing code here